07 fevereiro 2007

Conselhos práticos sobre o jejum

O que é o jejum cristão?
O jejum cristão é a negação do apetite natural para a comida, de uma convicção do seu verdadeiro uso na Escritura, e com o propósito de glorificar a Deus, pela mortificação do pecado, e de gozar da misericordia, pelos méritos de Jesus Cristo somente.

1. Quanto ao modo, pode ser a rejeição completa da comida por um período de tempo (2 Sm 12:16), ou, é a rejeição parcial da comida por um período de tempo (Dn 10:2-3).

2. Não se pratica o jejum apenas pela veneração da tradição, embora os servos de Deus em todos os período da história observaram a prática do jejum. Nem se deve jejuar simplemente porque uma autoridade tenha ordenado. Nem por legalismo de uma mera justiça externa com o objetivo de ser visto pelas pessoas (Mt 6:1, 16-18). Nem mesmo tem o propósito de promover alguma forma de ascetismo, especificamente, a crença de que o corpo é mal e por isso, tem que ser castigado. Pelo contrário, deve ser oferecido como um ato de louvor a Deus com uma convicção sincera de que Deus nos convoca para jejuar em certas ocasiões (Mt 17:21; At 14:23).

3. A meta principal de jejuar, como em todas as outras coisas, é para a glória de Deus (1 Co 10:31).

4. A meta secundária de jejuar é a mortificação do pecado. Devemos enfraquecer o domínio do pecado, humilhando e arrependendo-se do pecado, e experimentando o prazer da misericórdia e da graça de Deus (Rm 8:13; Gl 3:5-11).

5. A base de todas as bençãos que Deus graciosamente nos concede é somente e sempre a pessoa e obra de Jesus Cristo. Não há nenhum mérito em nossas obras de justiça, nem mesmo nos jejuns.

Onde se encontra a ensino do jejum na Escritura?
O jejum cristão é ensinado em toda a Escritura (2 Sm 12:16; Ne 1:4; 2 Cr 20:3; Jn 3:7, 8; Lucas 4:1-13; At 14:23; Mt 6:16-18; 17:21). Tanto na antiga, como na nova Aliança o povo de Deus praticou o jejum como um ato de consagração pessoal. O jejum não cessou no Novo Testamento, como alguns pensam, mas tem a sua continuidade comprovada tanto por Jesús, como pela Igreja no período posterior ao Pentecostes.

Porquê alguém deveria jejuar?
A motivação do jejum certamente é a questão mais importante quando se estuda este tema. Muitas pessoas são zelosas em se dedicarem ao jejum, todavia, o fazem com motivações erradas, e correm o risco de não serem aceitos por Deus. Pelo menos cinco razões poderão ajudar a esclarecer esta questão:

1. A prática do jejum é necessária, pois Deus ordena praticá-lo.

2. Porque os seus sentimentos e apetites estão inclinados para as coisas deste mundo, e no jejum você volta os seus sentimentos das coisas desta vida para as coisas de Cristo.

3. Porque o orgulho e a auto-suficiência impedem a sua convivência com Deus. O jejuar, entretanto, revela a sua insuficiência e a nossa plena satisfação em Deus. A debilidade física que se sente ao jejuar, deveria lembrar a fragilidade humana diante um Deus absolutamente soberano e infinitamente santo.

4. Porque você deseja mortificar o pecado e regozijar-se na misericórdia de Deus.

5. Porque você necessita de poder espiritual e sabedoria que procede de Deus. Os discípulos após terem recibido a autoridade de expulsar os demônios numa jornada missionária (Lc 9:1-6) regressaram para relatar as grandes coisas que se fizeram nas cidades por onde haviam passado (Lc 9:6, 10). Todavia, quando a autoridade sobrenatural concedida para a sua jornada missionária terminou, os discípulos necessitaram de recorrer a oração e ao jejum (Mt 17:21). Do mesmo modo os apóstolos, e as igrejas do primeiro século reconheciam a sua necessidade absoluta de sabedoria e poder para escolher e ordenar os presbíteros, com um tempo dedicado ao jejum e à oração (At 14:23).

Quem deveria jejuar?
Todos os que podem praticá-lo como uma obra de adoração a Deus com uma conciência sincera, sem superstição, legalismo, ascetismo, ou hipocrisia. Pode-se inclusive estimular as crianças para o jejum, do mesmo modo que se deve ensiná-los a orar, mas, eles devem ser instruídos acerca do que é o jejum com suficiente clareza, e sobre a sua necessidade.

Quando se deve jejuar?
Em geral, deveríamos jejuar muito mais do que costumamos fazer. Não podemos pensar em apenas jejuar somente quando temos problemas, mas também como uma medida preventiva para encher-nos com sabedoria e poder e evitar crises.

Como deve ser praticado o jejum?
O jejum pode ser praticado individualmente, ou em família, quando ocorre a necessidade pessoal. Com a igreja inteira, quando é convocada pelo pastor, ou pelos presbíteros. Como nação, quando é feito a convocação por um governante civil que é realmente cristão, e tem o propósito de direcionar todo o país ao arrependimento, e à submissão a Deus.
A prática do jejum não deve ser feita sem o devido cuidado, em que cada indivíduo deve observar a sua condição física. Cada pessoa possuí necessidades singulares, por isso, ela deve ser ciente das suas limitações, e tomar o cuidado necessário para que desejando obter saúde espiritual, não venha prejudicar a sua saúde física.

1. Não podemos esquecer de que o jejum, como o dia do descanso, foi feito para o homem, e não o homem para o jejum. Nada deveria levar a abstinência a tal extremo ao ponto de por em perigo a saúde física. Mas, quando a fraqueza física aparece por causa do jejum, não se deve pensar que não se é capaz de jejuar.

2. Se alguém tem problemas físicos (diabete, gastrite, úlcera, pressão alta, etc.), pode-se fazer um jejum parcial. Não coma para satisfazer o seu apetite, mas coma apenas para satisfazer a necessidade, evitando o mal-estar. Alimente-se de frutas, legumes, verduras, e água, apenas o necessário, de modo que não agrave o estado de saúde debilitada.

3. Se o seu trabalho exige esforço físico e você necessita se alimentar bem, faça um jejum por um período de tempo menor. Não pense que, porque o seu jejum não pode ser por um período longo que não será aceito por Deus, pois, Ele quer misericórdia, e não sacríficio (Os 6:6).

4. Ensine aos seus filhos sobre o jejum, e o modo como podem praticá-lo, pois, talvez, sejam incapazes de jejuar por um dia todo, mas, podem jejuar apenas um período do dia. Tenha cuidado para não prejudicar os filhos causando neles desnutrição.

5. Tenha cuidado de tomar uma quantidade suficiente de água quando estiver jejuando. Não beba refrigerante, sucos, café ou chá, pois eles satisfazem a fome, e podem prejudicar o objetivo do jejum.

6. Planeje o seu dia para que você possa ter em mente, durante o dia, que este período está separado para revelar a sua insuficiência, e a suficiência de Deus na sua vida.

7. Neste dia você não deve passá-lo ocioso, ou com ocupações de diversão e entretenimento. Ele deve ser seriamente dedicado para a oração, leitura das Escrituras e reflexão acerca da circunstância que motiva o jejum. Mas, se for um dia normal de trabalho e compromisos, mantenha em mente o seu propósito de jejuar.

8.Tenha cuidado para que o seu semblante não anuncie publicamente que está jejuando (Mt 6:1,16). Não demonstre uma cara de tristeza e angústia, mas mantenha a normalidade do seu dia, como outro qualquer. Não busque a atenção das pessoas sobre você, de modo que fique demonstrando o seu jejum (Mt 6:16-18). Mas, se alguém lhe perguntar porque você não está comendo, procure de maneira discreta responder-lhe que está em jejum, sem prolongar muito o assunto. Não há necessidade de mentir.

9. Quando você for iniciar o seu período de jejum, e também quando findá-lo, faça de modo solene. Recolha-se a um lugar, separe uma porção das Escrituras para meditar durante o tempo em que estiver jejuando, ore e estabeleça o início e o fim deste momento de consagração. No momento de terminar o jejum, também recolha-se, ore e entregue o seu jejum, agradecendo a Deus, porque Ele lhe preservou capacitando-o a cumprir este santo propósito.

21 comentários:

Drica disse...

A paz esteja sempre contigo !!

Fiquei muito feliz por encontrar esse artigo, queria muito fazer fazer jejum mas não sabia como deveria ser feito e aqui hoje Deus esclareceu através desse artigo como devo proceder.
Que Deus continue abençoando sua vida através de seus artigos.
Obrigada

Adriana Campos

Anônimo disse...

Todos os filhos de DEUS, tem que saber mais sobre as escrituras...O Antigo Testamento é o testamento dos Judeus....E o Novo Testamento é o Testamento dos Gentios...UM é o Testamento da Lei e o outro o Testamento da Graça....E Graça é um Dom Imerecido dado gratuitamente por DEUS...Nós somos gentios, DEUIS já nos salvou quando do Seu nascimento (Mateus 1:21)e não podemos deixar de lembrar que tudo é um plano do SENHOR....E Jesus morreu na cruz para nos salvar e levou consigo todas as nossos pecados e todas as nossas enfermidades..e se isso nós os filhos não acreditamos é pq Jesus morreu em vão....o que é mentira...DEUS já separou o seu povo (Apocalipse 7:9 a 17)...Não devemos esquecer que DEUS é Onipotente, Oniciente e Onipresente...engana-se quem acha que DEUS não sabe quem é seu filho...E a salvação é pela Graça (Efésios 2:8) Pensem nisso...
A Paz e a misericórdia de DEUS permaneram sempre em todos vós...Amém

eliana disse...

Estou num momento difícil em minha vida.Inicialmente,optei pelo jejum mesmo,a fim de obter do Senhor as Graças de que tanto necessito nesse momento.E não sabia ao certo como fazê-lo.Sempre educada no catolicismo,lembro-me de minha mãe contando-nos algumas histórias acerca do jejum.Exemplo:Deve-se forrar a mesa com pano branco,fazer orações de oferecimento e intenções e jejuar-se (sem sacrifícios).Caso contrá rio não terá valor algum para Deus. Decidi pesquisar sobre,e, graças à Deus,encontrei várias orientações que me deixaram muito à vontade para oferecer ao Senhor esse momento de consagração.Obrigada Senhor pelos esclarecimentos e me auxilie fortalecendo o meu espírito para que eu passe pelas provações de minha vida,com alegria de ser vista e amparada pelo Senhor e pela Sua Providência.AMÉM.Eliana Alves

eliana disse...

Estou num momento difícil em minha vida.Inicialmente,optei pelo jejum mesmo,a fim de obter do Senhor as Graças de que tanto necessito nesse momento.E não sabia ao certo como fazê-lo.Sempre educada no catolicismo,lembro-me de minha mãe contando-nos algumas histórias acerca do jejum.Exemplo:Deve-se forrar a mesa com pano branco,fazer orações de oferecimento e intenções e jejuar-se (sem sacrifícios).Caso contrá rio não terá valor algum para Deus. Decidi pesquisar sobre,e, graças à Deus,encontrei várias orientações que me deixaram muito à vontade para oferecer ao Senhor esse momento de consagração.Obrigada Senhor pelos esclarecimentos e me auxilie fortalecendo o meu espírito para que eu passe pelas provações de minha vida,com alegria de ser vista e amparada pelo Senhor e pela Sua Providência.AMÉM.Eliana Alves

SERGIO disse...

Eu agradeco muito a Deus por este artigo pois assim muitos chegão mais perto Dele,e poderem mostrar sua gratidão a Deus por tantas coisas boas que Ele tem nos dado em meio a tantos pecados que temos cometidos.Realmente Deus e muito bom.SERGIO

SER FELIZ disse...

OBRIGADA, A DEUS PRIMEIRAMENTE POR USAR SEU SERVO PARA NOS PASSAR ESSES CONSELHOS SOBRE O JEJUM. POIS A UNICA COISA QUE EU SABIA SOBRE ISSO ERA O QUE MINHA MÃE ME PASSOU NÃO ESQUEÇO NUNCA QUE TINHAMOS Q TOMAR APENAS UM CAFÉ PRETO E SÓ DURANTE O DIA, MAS AQUI DIZ QUE O CAFÉ NÃO PODE, MAS ISSO FAZ UNS 27 ANOS A TRÁZ ENTÃO.....
AGORA ENTENDO MELHOR PORQUE FIZ NO ANO PASSADO UM JEJUM QUANDO COMECEI A FREQUENTAR A IGREJA EVANGELICA E TUDO IMPEDIA DE MEU NAMORADO IR COMIGO E OFERECI UM POR 24 HORAS SEM COMER NADA SO AGUA E REFRIGERANTE A NOITE, POIS ESTAVA TRABALANDO QUANDO OFERECI....NÃO FOI FACIL PASSEI MUITO MAU MAS COMO TENHO PESSOAS DE DEUS PEDI PARA ELAS ME AJUDAR COM ORAÇÕES PRA EU AGUENTAR ATÉ O FINAL... OREI MUITO E ELAS POR MIM CONSEGUI COM FÉ E FIRME NA PALAVRA....
DEPOIS A MINHA AMIGA ME EXPLICOU QUE EU NÃO POSSO FAZER ASSIM, POIS TAMBEM TENHO PRESSÃO ALTA E EU SEMPREE FICO SEM COMER E NUNCA PASSEI MAU, MAS ELA ME DISSE QUANDO É OFERECIDO É DIFERENTE....
AGRADDEÇO POR ESSES ESCLARECIMENTO AQUI E MINHAS GRAÇAS FORAM ATENDIDAS .....AMÉM....
VAL SILVA

Anônimo disse...

O artigo é brilhante! Esclareceu muitas de minhas dúvidas, mas restaram algumas. Hoje iniciei meu jejum de sólidos, mantendo a intenção de almentar somente de sopa de aipo. Ao final do dia, na hora de jantar, estava me sentindo mal, com fortes dores de cabeça, então, lí seu artigo e entreguei meu jejum. Não quero que pense que seu artigo é responsável por isso, mas senti que não seria punida pela quebra do voto.
Pode esclarecer minha dúvida sobre as consequencias da quebra do jejum? rhabacuque@bol.com.br
grata

Anônimo disse...

O artigo é eslarecedor. Parabéns!

naima disse...

olá, graças sejam dadas ao nosso senhor jesus cristo em todo momento.
o senhor o inspirou para escrever este blog acerca do jejum, milhares de almas assim como eu necessitam de esclarecimentos sobre o jejum. estou a passar por um momento dificil e ja tenho jejuado algum temposem a certeza de estar a fazer de maneira correta.
as dicas aqui deixadas vão ajudar-me bastante. que Deus seja louvado.
eu tenho problemas de estomago mas quando jejuo faço durante todo dia a seco, sem comida nem água mas graças a Deus não tenho tido problemas.
quero continuar a jejuar pois o meu problema é muito sério e Jejus dizia esta casta de demonio não sai se não pelo jejum e oração. que o senhor venha abençoar o nosso jejum. amém

Anônimo disse...

Pow me amarrei no post...tinha algumas dúvidas e a luz da verdade elas foram sanadas...Q Deus lhe abençoe mto...Abraço..Shalom pra vooc e família..

Anônimo disse...

È muito bom encontrar orientação em relação ao nosso crescimento espiritual.

Layla disse...

Gostei muito desses esclarecimentos bíblicos,e quero testemunhar sobre a vitória que consegui através do jejum e oração.Fiz uma campanha de 7 sábados de jejum sem comer nada até ás 14h,pedindo a Deus que libertasse a minha irmã,que apenas com 16 anos de idade saíu de casa para morar com uma mulher,além de ser uma coisa abominável aos olhos de Deus,ela ainda estava sendo muito maltratada por esta pessoa.Moro em uma cidade distante de lá e quando fui visitá-la,minha irmã não era mais a mesma,estava totalmente mudada,não só no perfil de corte de cabelo,nas vestes e principalmente no semblante que já não refletia o rosto daquela garota bonita e feliz,me recebeu sem graça,triste como se o seu erro te condenasse e também porque não tava feliz com a nova vida,então eu disse que ia buscar a Deus por ela.
Minha mãe e meu pai tristes,preocupados com a filha também já não eram os mesmos.Então fiz esta campanha de jejum e oração e logo minha irma,estava de volta a casa dos meus pais somente com uma mochilinha de roupas,chegou sem falar nada e aos prantos abraçou a minha mãe.Digo que foi uma vitória em conjunto,minha mae nesta época aceitou Jesus e deixou de adorar imagens de escultura que tanto a palavra de Deus condena,e ela mesmo relata que pediu pra tantos santos e não consegui nada,porque a vitória só vem de Jesus,O Deus vivo.Esta obra está se completando porque minha irmã está sendo evangelizada,aceitou Jesus e busca a leitura contínua da Bíblia e livros auxiliadores,ainda se sente envergonhada de mudar completamente por receio do que vão falar,mas já está sendo transformada pelo Espírito Santo.

Layla disse...

Gostei muito desses esclarecimentos bíblicos,e quero testemunhar sobre a vitória que consegui através do jejum e oração.Fiz uma campanha de 7 sábados de jejum sem comer nada até ás 14h,pedindo a Deus que libertasse a minha irmã,que apenas com 16 anos de idade saíu de casa para morar com uma mulher,além de ser uma coisa abominável aos olhos de Deus,ela ainda estava sendo muito maltratada por esta pessoa.Moro em uma cidade distante de lá e quando fui visitá-la,minha irmã não era mais a mesma,estava totalmente mudada,não só no perfil de corte de cabelo,nas vestes e principalmente no semblante que já não refletia o rosto daquela garota bonita e feliz,me recebeu sem graça,triste como se o seu erro te condenasse e também porque não tava feliz com a nova vida,então eu disse que ia buscar a Deus por ela.
Minha mãe e meu pai tristes,preocupados com a filha também já não eram os mesmos.Então fiz esta campanha de jejum e oração e logo minha irma,estava de volta a casa dos meus pais somente com uma mochilinha de roupas,chegou sem falar nada e aos prantos abraçou a minha mãe.Digo que foi uma vitória em conjunto,minha mae nesta época aceitou Jesus e deixou de adorar imagens de escultura que tanto a palavra de Deus condena,e ela mesmo relata que pediu pra tantos santos e não consegui nada,porque a vitória só vem de Jesus,O Deus vivo.Esta obra está se completando porque minha irmã está sendo evangelizada,aceitou Jesus e busca a leitura contínua da Bíblia e livros auxiliadores,ainda se sente envergonhada de mudar completamente por receio do que vão falar,mas já está sendo transformada pelo Espírito Santo.

Anônimo disse...

Obrigado, obrigado mesmo por esclarecer minhas dúvidas.

LeCake Design disse...

Meu Deus! Obrigada por me responder nessa madrugada!!!
Muito bom o artigo! Queria algo assim a muito tempo. Glórias a Deus EU RECEBI!
Desejo a paz a todos e mais uma vez obrigada!
Deus os abençoe sempre!
Amém

LeCake Design disse...

Meu Deus! Muito obrigada pela resposta de oração! Este artigo é maravilhoso e esclarecedor. Consegui tirar todas as minhas dúvidas.
Obrigada mais uma vez e que deus o abençoe sempre!
Amém

Aluízio Vidal disse...

Muito útil e instrutivo o artigo, Rev. Muito obrigado. Que Deus te abençoe e o use sempre.

Aluízio Vidal disse...

Muito instrutivo e útil. Valeu, Rev. Muito obrigado. Que Deus continue te abençoando e usando p Ele.

Kleane Ferreira disse...

Que bênção estava fazendo jejum totalmente errado ! Mas agora vou fazer pelos motivos corretor Obrigada.
Deus abençoe

Roberto Oliveira disse...

Maravilhoso Deus a cada dia aprendo mais ensinamentos maravilhoso sobre o jejum

Roberto Oliveira disse...

Maravilhoso Deus a cada dia aprendo mais ensinamentos maravilhoso sobre o jejum